wrapper

FALA ICAROOs vereadores da Câmara Municipal aprovaram na sessão ordinária dessa quinta-feira (28.02), um requerimento cobrando os estudos realizados pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, que permitiu o aumento de tarifa do transporte coletivo de Várzea Grande, em janeiro de 2019.

O autor do requerimento, o vereador Ícaro Reveles (PSB), questionou o valor da tarifa, que subiu de R$ 3,85 para R$ 4,10, aplicado pela empresa, União Transportes, que é responsável pela prestação do serviço no município.

Reveles apontou que a Prefeitura de Várzea Grande concedeu um incentivo fiscal à empresa, e reduziu de 0,5 % para 0,2% o valor do Imposto Sobre o Serviço de Qualquer Natureza (ISSQn), sob o compromisso da Gestão Municipal de evitar o aumento da passagem aos munícipes.

“Temos o intuito de verificar os estudos que foram feitos para aprovação desse aumento da tarifa. Caso a população não saiba, este reajuste não passa pela Câmara Municipal, ele é feito por meio de decreto do Poder Executivo. Então, precisamos saber da Prefeitura qual a justificativa para esse aumento”, questionou o vereador.

Ícaro também cobrou informações quanto ao último processo licitatório de concessão do serviço de transporte coletivo no município. “Esse requerimento não é apenas uma cobrança em relação a tarifa, mas cobramos também a humanização do transporte coletivo.”

Outro parlamentar que votou favorável a solicitação é o vereador Rogério Dakar (PV). Ele usou a Tribuna para reclamar do serviço prestado pela empresa. “Não temos bons ônibus rodando na cidade, não temos pontos e mudaram as rotas de ônibus prejudicando o atendimento aos usuários. Concordo que temos que cobrar, este é o papel do vereador e precisamos dessas informações para saber como devemos agir”, afirmou Dakar.

Da: Assessoria

banner prefeitura 2018

selo 150

visite site 2