wrapper

IMG 7556O presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, Fábio José Tardin – Fabinho (DEM) participou nesta terça-feira (19.03) da constituição do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CMDPD-VG). Segundo a Associação Várzea-grandense de Deficientes Físicos, no município tem aproximadamente 20 mil habitantes que possuem alguma deficiência.

Fabinho disse que o Projeto de Lei 76/2018 de sua autoria, deu legitimidade ao Conselho e poder de fiscalização sobre o cumprimento dos direitos dos deficientes. O CMDPD começou a ser vinculado com a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social.

“A Câmara está de portas abertas, iremos ajudar esta causa e iremos fazer o possível para colaborar com vocês. Vamos legitimar ainda mais esta classe, que não sofre apenas com a falta de acessibilidade”, destaca o presidente.

Representando a Associação Nativo Equoterapia, Sirlei Araújo de Faria Silva, espera que o Conselho seja forte e atuante. “Agradeço o trabalho do presidente Fabinho, que sempre esteve presente conosco para que este conselho fosse constituído. Isto não estaria ocorrendo se não fosse o trabalho dele”, disse Silva.IMG 7563

O escritor Tadeu Bezerra, disse que é cadeirante por causa de um tiro. “Antes de ser cadeirante eu fiquei dez anos usando drogas na rua. Depois de receber este tiro, eu comecei a motivar as pessoas a sair do mundo das drogas. Este Conselho é muito importante para mostramos que estamos vivos, quando eu andava não via pessoas com deficiências. Agora, todo lugar que vou procuro um banheiro adaptado, para pessoas normais estas coisas são tão simples, porém para mim não. Este é o primeiro passo para uma vida melhor para nós”, disse o escritor. 

José Wallison/Assessoria

banner prefeitura 2018

selo 150

visite site 2