Fabinho pede que Poder Executivo conceda gratificação aos profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao Covid-19

O presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM) apresentou na sessão ordinária desta terça-feira (30.06) a indicação parlamentar, solicitando ao Poder Executivo conceda gratificação financeira aos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate a pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19).

Conforme o parlamentar, os servidores da saúde são as pessoas mais expostas ao vírus. “Temos que cuidar de quem cuida da gente. Infelizmente ouvi até relatos de que muitos estão pedindo afastamento por estarem apavorados por conta da situação que estamos vivendo. Outros estão se afastando da própria família para protegerem os entes queridos, fora que ainda os salários que recebem são muito baixos pela importância e o risco que o trabalho está proporcionando”, relata Fabinho.

Tardin ainda lembra, que só no Hospital e Pronto-Socorro Municipal (HPSM-VG), contém 193 técnicos de enfermagem, porém 61 foram infectados pelo Covid-19, isto corresponde a 32,6% do total. Já de enfermeiros, ao todo contém 78, porém 14 já foram infectados, isto corresponde a 18%.

“Quero aqui não só falar que eles merecem este benefício. Quero aqui parabenizar, os enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos, zeladores, recepcionistas e todos os profissionais das unidades de saúde; pela coragem, bravura e principalmente pelo amor ao próximo (que é um gesto que Jesus sempre pregou aqui na Terra)”, declara Fabinho.

O presidente do Legislativo, pede que a prefeita Lucimar Campos atenda a indicação parlamentar. “Muitos destes servidores ganham R$ 1.200 ou até menos, com isto pedimos que haja a compreensão da prefeita e que conceda esta gratificação para aqueles que estão colocando a vida deles e de sua própria família em risco”, diz Tardin.