Notificação de Fabinho é atendida e medidas preventivas para combater a propagação do Covid-19 são realizadas na Caixa Econômica Federal

 

A notificação feita pelo presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, o vereador Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), solicitando que a Caixa Econômica Federal (CEF) cumpra o decreto n° 29/2020 que dispõe sobre medidas preventivas para combater a propagação do Novo Coronavírus (Covid-19) no município.

A Prefeitura Municipal realizou uma reunião com a CEF e começou a ser realizada a instalação de tendas em duas unidades, uma no Cristo Rei e outra na avenida Filinto Muller, no Centro. Além disto, foi disponibilizado pelo Poder Executivo o gradeamento na separação da formação regular das filas, respeitando o distanciamento de 1,5 metro. “As filas estão menores e as pessoas estão recebendo um tratamento mais digno com as tendas que as protegem da chuva e do sol. Além disto, estão sendo disponibilizados álcool em gel nas entradas das agências”, destaca Tardin.

Fabinho ainda declara, que irá continuar cobrando outros pontos da notificação, que ainda não foram atendidos. “Ainda não foi atendido a disponibilização de cadeiras, disponibilização de água e banheiros químicos para os munícipes que estão aguardando o atendimento nas filas fora das agências, iremos cobrar para que seja cumprida estas medidas para dar mais conforto à nossa população”, destaca o presidente do Legislativo Municipal.

O presidente do Comitê de Enfretamento do Novo Coronavírus em Várzea Grande, o secretário de Governo, Kalil Baracat, declara que será intensificada a fiscalização por parte do Poder Executivo. “Vamos passar a ser mais rigorosos com as exigências do decreto municipal e da Lei Estadual que exigem regras de atendimento e de utilização de meios de proteção que devem ser a soma de várias medidas em prol do conjunto da sociedade e da saúde de todos os várzea-grandenses”, disse Baracat.

A Caixa Econômica relata em nota que intensificou o atendimento nas filas e que todas as pessoas que chegarem às agências durante o horário de funcionamento, de 8h às 14h. “A CEF intensificou o atendimento às pessoas que estão nas filas, de forma a dar celeridade com prestação de informações e geração de códigos (tokens) para a realização de saques, conforme o calendário de pagamento e da necessidade de se manter o distanciamento”, relata.